Exportação para a América Latina impulsiona desenvolvimento de empresas brasileiras

2018-10-26
Exportação para a América Latina impulsiona desenvolvimento de empresas brasileiras

 

Recentemente, Brasil e México firmaram um acordo para impulsionar o desenvolvimento de micro, pequenas e médias empresas por meio da exportação.

Esse é um movimento que vem acontecendo entre os países da América Latina. O Chile, por exemplo, está em pleno desenvolvimento. Para esse ano, estima-se um crescimento de 3,6% na sua economia, o que demanda insumos estrangeiros.

Já a Argentina, mesmo em crise, segue importando produtos brasileiros.

Analistas afirmam que todo país da América Latina é um potencial comprador do Brasil. Eles sentem atração pelo que produzimos, principalmente pela proximidade cultural.

Ficou interessado? Quer saber como começar agora mesmo a se preparar para exportar para a América Latina? Então, siga a leitura do post e comece agora mesmo.

Aprenda espanhol

O micro e pequeno empresário precisam estar aptos para negociar em espanhol, a língua oficial de todos os países da América Latina com exceção do Brasil. Esqueça o portunhol! Ele é inadmissível em um ambiente profissional.

E engana-se quem acha que basta falar espanhol para se sair bem em uma reunião comercial. Cada país tem o seu jeito de falar o idioma, com pronúncia e expressões próprias.

Por isso, conhecer essas diferenças antes de encontrar com alguém de outra nacionalidade pode ser determinante para conquistar empatia e uma posição favorável nas relações comerciais – além de evitar uma série de constrangimentos.

O ideal é matricular-se em um curso de espanhol para negócios. Um professor particular nativo com experiência no assunto pode, inclusive, direcionar o aprendizado para questões relacionadas à exportação e a particularidades culturais.

Faça um planejamento

Todo empresário sabe que planejamento é tudo. Saiba como se planejar para exportar:. verifique as contas da sua empresa e veja se a exportação é uma realidade viável para o seu negócio;

. confira se tem recursos suficientes para investir em pessoas, gestão de vendas e melhorias de processos;

. coloque o site da empresa em espanhol, produza material de apresentação no idioma e treine os canais de atendimento e vendas da empresa para atender estrangeiros. Isso significa que seu time também precisará dominar o idioma espanhol;

. contrate um profissional de comércio exterior. Ele deverá analisar as oportunidades;

. simule o preço da exportação dos seus produtos. Há isenção de alguns impostos. Confira com um contador;

. verifique se o país para o qual quer vender tem acordo comercial com o Brasil. Isso facilita a negociação;

Realize o primeiro contato

Algumas organizações ou instituições promovem viagens ou rodadas de negócios em países da América Latina. Informe-se sobre isso e participe.

Depois desse primeiro contato, esteja disponível para seu potencial comprador. O ideal é, inclusive, enviar um pacote de amostra de seu produto.

Que tal convidá-lo para conhecer sua empresa? Lembre-se sempre de que o comprador não quer apenas um produto, ele quer um parceiro comercial.

Espanhol Fluente pode ajudá-lo nesse processo. Nossa metodologia exclusiva – online por videoconferência com professor particular nativo – acompanha o aluno, apoiando-o nesse processo. Entre em contato conosco.

 
 Compartir noticia