fbpx

Barreiras linguísticas interferem nos negócios do Brasil

2019-01-16
Barreiras linguísticas interferem nos negócios do Brasil

 

Uma pesquisa realizada pela Economist Intelligence Unit sobre como as barreiras linguísticas e culturais interferem nos negócios comprovou que o Brasil vai de mal a pior.
Estamos entre os países que encontram as maiores dificuldades para se comunicar em outro idioma.
Apesar do crescimento pela procura de negócios no Brasil, inclusive a realização de grandes eventos e feiras internacionais, muitos de nossos executivos ainda têm dificuldade com um segundo idioma. Para se ter uma ideia, apenas 9% dos profissionais dominam o espanhol.
Outro dado preocupante: 74% dos brasileiros entrevistados afirmam que suas empresas sofreram com a perda de negócios internacionais importantes devido à barreira na linguagem. Vale destacar que esse índice é bem superior à média global, que gira em torno de 50%.
Os entrevistados reconhecem o problema e garantem que que a barreira linguística é responsável por uma como perda significante de relações empresariais com países estrangeiros. 77% acredita que falta de clareza na comunicação resulta em perda de produtividade.
O quadro é alarmante, porém abre novas possibilidades para aqueles que querem se destacar.
Quer começar 2019 alavancando sua carreira com idiomas? Então, vamos lá!

Faça a diferença
A cada dia, as relações internacionais se mostram mais importantes para as empresas brasileiras. A expansão do mercado as torna mais competitivas e peças fundamentais na economia global.
Mas, para isso, as empresas precisam de executivos antenados com essas novas demandas e, principalmente, preparados para encará-las.
Confira as nossas dicas:

1.Vá além do inglês
Dominar o inglês é requisito básico, apesar de ainda ser uma grande dificuldade para os executivos brasileirso. Porém, acredite, ele nem sempre suficiente.
Há algum tempo, o profissional que dominava o inglês podia falar com empresas de qualquer nacionalidade. Mas já se sabe que conhecer o idioma específico daqueles com quem se está negociando faz diferença na hora de fechar contrato.
Isso porque, além de facilitar a comunicação, o aprendizado do idioma específico possibilita um conhecimento mais profundo daquela cultura, facilitando as relações, inclusive profissionais.

2. Conheça as dificuldades
Para quem quer turbinar a carreira com idiomas precisa levar em consideração o retorno que terá com esse aprendizado. O chinês, por exemplo, parece, a princípio, ser uma excelente opção. Mas quanto tempo você levará para aprender o idioma.
Sem dúvida, para nós, brasileiros, é muito mais fácil aprender um língua latina e, entre elas, o espanhol é o mais recomendado.
Isso porque é a segunda língua mais falada do mundo e a que tem vocabulário e estrutura mais parecidos com o português.
Além disso, as relações comerciais do Brasil no Mercosul têm se intensificado e as empresas, por sua vez, buscado cada vez mais profissionais com domínio do idioma.

3. Faça um curso voltado para negócios

Esses trabalham vocabulário específico e introdução à cultura específica do país em questão, com dicas importantes. Acredite: pequenos detalhes culturais fazem toda a diferença na relação comercial com estrangeiros. E esse tipo de curso pode ajudar nesse sentido.
Para que o conteúdo possa ser totalmente voltado para as necessidades do aluno, o mais recomendado é que seja com professor particular.
Esse professor poderá trabalhar questões específicas, como uma apresentação em espanhol, até questões particulares, como dificuldades individuais, sotaque etc.

Para se ter uma ideia, na Espanhol Fluente, seguindo essa metodologia voltada para negócios com professor particular, o aluno está apto para uma reunião no idioma em apenas 3 meses. E em 12 meses já está falando como um nativo.

Ficou interessado? Quer saber mais sobre a nossa metodologia exclusiva? Então, entre em contato conosco!

 
 Compartir noticia