Chefe x líder: como ser os dois?

2021-05-03
Chefe x líder: como ser os dois?

 

Estar à frente de uma equipe é algo desafiador porque envolve responsabilidades. E a chave do sucesso de quem exerce esta função se relaciona com o seguinte aspecto: ser chefe, líder ou uma mistura desses dois. Conheça as principais características de quem apresenta esses perfis aqui com a Espanhol Fluente.

Gerenciar o time de uma empresa e lidar com pessoas não é uma tarefa fácil. Muito se discute sobre a dicotomia chefe x líder e qual deles é capaz de estimular as equipes a fim de que os colaboradores produzam bons resultados. Este é um questionamento que não tem uma resposta certa porque a chave do sucesso está na mistura desses dois conceitos. Ambos apresentam aspectos positivos!

Quais são as características de um chefe?

Os profissionais que estão à frente de uma equipe e são caracterizados como chefes costumam ser mais centralizadores na hora de tomar decisões, são vistos como “durões” e utiliza a autoridade do cargo para coordenar. O chefe foca muito nos processos, cria normas e cobra que as tarefas sejam executadas da melhor forma pelos seus funcionários.

Como é um líder?

Já quem possui um perfil de líder é uma pessoa mais comunicativa, criativa e tem uma visão mais sistêmica do setor em que atua. O líder tem uma boa escuta, admite erros, oferece feedbacks para os colaboradores e reconhece o trabalho da sua equipe com respeito às particularidades de cada membro. O líder é tido como uma pessoa inspiradora que motiva e engaja quem trabalha com ele porque acaba se transformando em um exemplo para o time.

Chefe x líder: existe o melhor perfil?

O sucesso de uma equipe depende diretamente da relação entre o profissional que está à frente do time e os colaboradores. Mas os bons resultados não são dados somente por times capitaneados por chefes ou líderes. O ideal é aliar as características positivas desses dois perfis. Para isso, é preciso desenvolver habilidades importantes como comunicação eficaz, empatia, gestão de tempo, disciplina, foco, empatia, planejamento, rigidez na medida certa e proatividade, por exemplo.

E como trabalhar e desenvolver as competências positivas que chefe e líder possuem? Uma ótima solução é o aprendizado de idiomas e o contato com culturas de outros países. Isso porque ao se tornar fluente em uma outra língua o indivíduo consegue se conectar com pessoas de outras culturas, lidar melhor com as diferenças. Esse profissional costuma ter mais empatia também.

As pessoas fluentes em mais de uma língua são ainda mais focadas e conseguem prestar mais atenção nas tarefas que realizam, algo que favorece na execução e distribuição das atividades que devem ser feitas no setor por cada membro da equipe. Profissionais bilíngues e trilíngues são mais criativos justamente por causa do contato que têm com outras literaturas, os costumes, a gastronomia e as artes de outros países, por exemplo.

Agora que você já conhece algumas das características positivas do chefe e do líder é hora de desenvolvê-las! Dê o primeiro passo e se matricule em um curso que vai muito além do ensino de idiomas para trabalhar importantes competências. Aprenda na EF!

 
 Compartir noticia