Intercâmbio na América do Sul e a chance de explorar o nosso continente

2021-09-20
Intercâmbio na América do Sul e a chance de explorar o nosso continente

 

Realizar um intercâmbio é o sonho de muitos brasileiros. Ter a possibilidade de viver a rotina em um outro país e o contato constante com o idioma no dia a dia é uma experiência extremamente rica na vida de um intercambista. Mas para que a vivência no exterior seja positiva é importante pesquisar atentamente o destino. Engana-se quem acredita que a Europa é sempre o melhor local para se estudar. Recentemente, as nações da América do Sul estão entre os melhores países para se fazer intercâmbio no mundo. Por isso, a Espanhol- Fluente irá te ajudar a escolher a sua próxima viagem de estudo no nosso continente.

Inicialmente, é preciso entender que em todos os países há pontos positivos e negativos. Certamente, o intercâmbio é uma jornada que não se restringe apenas ao aprendizado de um novo idioma ensinado dentro da instituição formal. Estudar no exterior é a possibilidade de absorver uma nova cultura, conhecer na prática a língua informal – o dia a dia das ruas com pronúncias distintas e sem pausas. Sobre os sotaques, a América do Sul é uma das regiões campeãs no assunto, além claro da parte histórica riquíssima, natureza exuberante e um povo muito caloroso. A todos esses tópicos, soma-se o fato de que estudar na região sul-americana é mais vantajoso financeiramente que na Espanha. A EF mostra abaixo os países mais procurados pelos brasileiros:

A Argentina

Seguramente, o nosso vizinho é o país que mais recebe brasileiros, seja para estudar ou para turismo. Por ser integrante do Mercosul, não há exigência de visto para viagens que durem até 90 dias. Com cidades cosmopolitas, a Argentina tem a capital Buenos Aires como o seu cartão de visitas. Por isso, é possível encontrar diversas escolas que oferecem o ensino do idioma, inclusive instituições europeias que possuem filiais na região. Aos que preferem estudar em uma unidade local, a Universidade de Buenos Aires, uma das mais conceituadas da América Latina, oferece cursos para estrangeiros.

Porém a Argentina é mais do que apenas a capital. Cidades como Córdoba e Mendoza são polos importantíssimos de cultura e com escolas prontas para receber os estudantes brasileiros.

Ainda assim, é muito comum vermos nos noticiários, a crise financeira vivida pelos nossos “Hermanos”. É fato que o peso argentino é uma moeda desvalorizada em relação ao real, mas o país tem uma das maiores inflações do continente. Com isso, estudar e morar lá é mais vantajoso do que em algum país cuja moeda corrente é o euro, mas não é um país muito mais barato que o Brasil.

Peru

Referência no mundo da gastronomia, o Peru possui diversos restaurantes renomados. O país que tem a capital Lima e o Sol Novo como moeda corrente, não exige visto de brasileiros que pretendam ficar em território peruano por até noventa dias. Localidades como a Cidade de Cusco e o Santuário Histórico de Machu Picchu são reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Mundial, Cultural e Natural. O país possui ainda outros locais históricos como o Sítio Arqueológico de Chavin. Certamente, o Peru desperta a paixão de milhares de turistas e estudantes mundo afora. É uma excelente opção para estudar o espanhol.

Chile

Reconhecido como o país mais desenvolvido da região, o Chile é um excelente destino para se fazer intercâmbio. A nação que está em um processo de construção de uma nova Constituição Federal tem níveis de segurança superiores aos do Brasil. Santiago, a capital dessa nação sul-americana, é uma cidade cosmopolita e possui programas para os mais diversos públicos. Aos estudantes que se interessaram por estudar no país, é possível estudar em cidades como Viña del Mar e Valparaíso também. O país possui em seu território desde estações de esqui nas Cordilheiras até o Deserto do Atacama. Além de ser um grande produtor de vinhos. Ser intercambista no país será uma experiência incrível.

Colômbia

Localizado ao norte da América do Sul, a Colômbia é um país com surpresas positivas. O país tem entre as grandes cidades a capital Bogotá e Medellin – exemplo mundial de gestão de segurança pública e inspirador para a criação da Unidade Polícia Pacificadora no Rio de Janeiro. A nação tem ao norte o mar do caribe e a mundialmente famosa Cartagena das Índias. O país tem uma economia estável e não exige visto aos brasileiros para quem opte por ficar no país por até noventa dias.

É preciso ressaltar que é interessante possuir conhecimento prévio sobre o idioma a ser estudado no exterior. Quanto maior for a sua base de compreensão, melhor será a possibilidade de desenvolvimento de suas habilidades no exterior. Com isso, nós da Espanhol Fluente, possuímos uma metodologia diferenciada com aulas ministradas por professores nativos com técnicas voltadas para as necessidades do aluno. Possuímos uma metodologia exclusiva aliada à tecnologia para proporcionar a maior qualidade possível no aprendizado.

Por fim, seja qual for o destino escolhido, é importante que ao iniciar o intercâmbio, o estudante foque no idioma e busque falar em português o mínimo possível. Uma dica é fazer amizade com os moradores locais. E lembre-se! Há uma grande possibilidade de morar fora ser a melhor experiência da sua vida! Aproveite-a!

Venha conhecer a nossa metodologia e treinar o idioma, em nosso próximo Aulão de Espanhol Aberto que será no dia 30/09/2021 às 18h30!

Inscreva-se: espanhol-fluente.com/aulao-de-espanhol 

 
 Compartir noticia