LGBTQI no Brasil x nos países de língua espanhola

2020-03-27
LGBTQI no Brasil x nos países de língua espanhola

 

A diversidade é uma pauta muito importante e que mobiliza debates e manifestações no Brasil e em países de língua espanhola. Ao longo dos anos, a sigla LGBTQI ganhou mais letras para contemplar um número maior de pessoas. Saiba o que ela significa e como é a Parada do Orgulho Gay em países que têm o espanhol como língua oficial neste post da Espanhol Fluente.

O que quer dizer a sigla LGBTQI?

A sigla LGBTQI se divide em duas partes: LGB se refere à orientação sexual e IQT diz respeito ao gênero.

L = lésbicas

G = gays

B = bissexuais

T = transexuais, travestis e transgêneros

Q = queer

I = intersexuais

LGBTQI: pautas deste estrato da população ganham mais visibilidade em junho no mundo

O Dia Nacional do Orgulho Gay é comemorado no dia 25 de março no Brasil. No entanto, a Parada do Orgulho Gay costuma acontecer por aqui e no resto do mundo em junho. Este mês foi escolhido a fim de celebrar a rebelião de Stonewall, em 1969. Na ocasião, homossexuais enfrentaram oficiais da polícia de Nova York dentro de bares, chamaram a atenção para a pauta da igualdade de direitos e se tornaram símbolos dessa luta.

As celebrações para apoiar a comunidade LGBTQI e defender os seus direitos são muito comuns em países de língua espanhola. A Colômbia, por exemplo, foi uma cidade pioneira na América do Sul quando o assunto é participação nessa marcha. Ela reúne anualmente cerca de 50 mil pessoas.

Já o Uruguai foi o segundo país latino-americano a aprovar o matrimônio igualitário. A capital, Montevidéu, celebra a Semana do Orgulho em junho. Mas, a parada do Orgulho Gay é comemorada na última sexta-feira do mês de setembro em função de um fator climático.

Na Argentina, em Buenos Aires, o Dia do Orgulho Gay é festejado em um sábado de novembro para relembrar a criação do “Nosso Mundo”, o primeiro grupo ativista em torno desta causa no país em 1967. A Argentina foi o primeiro país da América Latina a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Além disso, foi incluído o direito à adoção e a mudança de sexo se tornou legal.

Na Espanha, há diversos eventos para celebrar os avanços e lutar contra o respeito que sofrem os LGBTQI. Lá tem a Madrid Gay Pride, uma das maiores festas do mundo e que atrai cerca de dois milhões de participantes. Já o Barcelona Pride é destaque na região do Mediterrâneo.

Aprender um idioma também requer entender a cultura do país e na Espanhol Fluente nós trabalhamos estes dois aspectos tão importantes e que estão interligados. Vem estudar conosco!

 

 
 Compartir noticia