Saiba como as habilidades relacionais serão importantes para o profissional do futuro

2019-11-18
Saiba como as habilidades relacionais serão importantes para o profissional do futuro

 

Os negócios globais estão enfrentando uma gigantesca onda de transformações disruptivas ocasionadas pelas profundas mudanças da 4ª Revolução Industrial.

Como vimos em artigo anterior desta série sobre habilidades necessárias para o futuro do mercado de trabalho, a tecnologia está entre os maiores disruptores. De acordo com o International Business Report 2019 (IBR) da Grant Thornton, que pesquisou líderes seniores em empresas de médio porte em todo o mundo, a ascensão do digital será a maior mudança, citada por 42% dos entrevistados – no Brasil, esse número sobe para 62%.

Mas existem forças disruptivas além da tecnologia que também estão trazendo mudanças para o mundo dos negócios. Um impacto citado na pesquisa, por exemplo, diz respeito ao ingresso de outra geração na força de trabalho na próxima década e os desafios que isso representará para empresas, principalmente no gerenciamento dessa diversidade.

Para começar, a chamada Geração Alfa vê a finalidade do trabalho como algo que vai bem além do salário. Ela tem mais a ver com satisfação pessoal do que com o dinheiro no bolso. Além disso, esses jovens precisarão ser engajados de forma diferente, já que têm dificuldade para entender a abordagem hierárquica da liderança. Eles estão acostumados a outro tipo de interação, muito mais horizontalizada, como acontece nas mídias sociais, por exemplo.

Nesse sentido, as habilidades relacionais aparecem como mais um desafio para os profissionais que querem se preparar para esse futuro do mercado de trabalho.

Liderança

A mudança de cenário significa também que os líderes precisarão adaptar suas próprias habilidades relacionais e as de suas equipes para que permaneçam competitivas.

Criar a melhor cultura para lidar com a ruptura exigirá que os gestores sejam os estudantes da mudança e que convidem seus times para serem curiosos com eles. Os líderes precisarão criar um espaço de conexões, celebrando a curiosidade e a experimentação e incentivando as equipes a saírem da zona de conforto.

Na verdade, tudo isso significa que os líderes precisarão, mais do que qualquer outra coisa, inspirar. Os membros das equipes, por sua vez, terão o desafio de construir relações mais positivas.

As habilidades relacionais também permitirão que, por meio dessas conexões mais verdadeiras, a empresa vá, aos poucos, dando lugar às ideias e à experimentação.

Para isso, serão fundamentais conversas autênticas, honestas e diretas. Autenticidade, aliás, construída por meio de relacionamentos que promovam a abertura, criem confiança e estimulem a cooperação. Isso também ajudará a garantir diálogos frequentes entre os membros da equipe, em um espaço em que todos possam dar e aceitar feedbacks tranquilamente.

Globalização

O International Business Report 2019 (IBR) também mostrou que 32% dos entrevistados destacaram como outra grande mudança no mercado de trabalho do futuro a globalização de recursos como finanças, propriedade intelectual e pessoas.

Sim, as pessoas farão parte dessa globalização. Os colaboradores não poderão limitar suas atividades em um território. Precisarão estar preparados para fazer negócios em qualquer parte do mundo.

Nesse sentido, as habilidades relacionais serão cada vez mais exigidas. Não basta manter uma boa comunicação apenas com a equipe local. Será necessário também relacionar-se com pessoas de outros países, de outras culturas.

O idioma é capaz de fazer essa conexão. Ele garante uma negociação sem ruído, aproxima as pessoas a partir do entendimento daquela cultura e permite que esse relacionamento se estenda para além do ambiente profissional, como um almoço ou uma conversa informal.

Tudo isso impacta na negociação, acredite! E o profissional do futuro precisa estar antenado a essas mudanças e disposto a desenvolver suas habilidades relacionais.

A Espanhol Fluente há mais de 15 anos trabalha nesse sentido mais amplo da aprendizagem de uma nova língua. Entendemos que um idioma é uma habilidade técnica, comportamental e social. Entre em contato conosco e saiba mais sobre a nossa metodologia.

 
 Compartir noticia