Estratégias para networking fora do Brasil

You are currently viewing Estratégias para networking fora do Brasil

Ter uma experiência internacional é o sonho de muitas pessoas. Trabalhar ou estudar no exterior confere um upgrade no currículo não só pelo fato de proporcionar a fluência em outros idiomas, mas também por contribuir com o desenvolvimento humano e emocional dos indivíduos. E quem tem esse desejo deve investir e muito no networking! Descubra algumas estratégias eficientes para construir uma boa rede de contatos fora do Brasil nesse conteúdo da Espanhol Fluente. 

 Por que o networking é tão importante?

O termo networking se refere a uma rede de relacionamentos que algumas pessoas constroem a fim de se comunicar, trocar informações, experiências, interesses profissionais e apoio. Muitas das conquistas de empresários, empreendedores e indivíduos que ocupam cargos de relevância dentro de uma organização se devem à identificação de novas oportunidades de trabalho e de expansão de negócios. 

Um bom networking não está restrito somente ao relacionamento com pessoas que estão na posição de tomador de decisões. É fundamental também formar vínculos com pessoas que são informadas, influenciadoras e que podem ser o elo entre você e o líder de alguma empresa.

O networking para quem quer trabalhar ou estudar fora do Brasil

Com a maior adoção do home office pelas empresas e um mundo ainda mais globalizado, a meta de atuar no exterior ficou mais próxima de ser alcançada. Mas você deve estar se perguntando: como fazer um bom networking para trabalhar e estudar fora do Brasil? Vamos pensar nos países latinos como exemplo.

Basicamente, você deve ter uma boa apresentação pessoal a fim de demonstrar profissionalismo e passar confiança para todos. É primordial saber se vestir, ter postura e falar sobre você mesmo. Também é bom estar atualizado, sempre por dentro das últimas notícias globais, principalmente no que diz respeito ao mercado internacional.

Uma outra estratégia de networking valiosa é participar de feiras e eventos da sua área de atuação. Com a presença de colegas, seja presencialmente ou virtualmente, é mais fácil se apresentar e “trocar figurinhas”. E claro, não tem como esquecer do Linkedin, a maior rede profissional do mundo. Faça um perfil o mais completo possível!

Agora partindo para orientações mais específicas. Quem quer fazer um bom networking para trabalhar e estudar fora do Brasil deve estar ciente de alguns detalhes. Talvez os mais importantes sejam a língua e a cultura do país. Esses dois aspectos são imprescindíveis para ocasiões como reuniões. Para estabelecer um bom relacionamento com futuros colegas de trabalho ou até o próprio chefe é imperativo saber se comunicar com fluidez e ter um conhecimento que vai além do idioma. Entender a cultura do país em questão é um elemento central porque você deve saber que atitudes são aceitáveis. Com relação aos horários, por exemplo, no Brasil há tolerância para alguns minutos de atraso. Mas em outros países isso é tido como falta de educação.

A fluência no idioma também exige que a pessoa que almeja fazer um bom networking internacional tenha um amplo vocabulário voltado para reuniões e conversas sobre assuntos profissionais. Veja alguns exemplos abaixo:

¿Puedo darle mi tarjeta de presentación? = Posso lhe dar meu cartão de visita?

Lo sentimos, pero no podemos aceptar su propuesta = “Desculpe, mas não podemos aceitar a proposta”;

¿Podemos firmar el acuerdo hoy? = Podemos assinar o acordo hoje?

Necesito hablar con el director/subdirector/gerente de sucursal/asesor financiero/gestor de clientes/ gerente de empresa/cajero. = Eu preciso falar com o diretor/vice-diretor/gerente da filial/consultor financeiro/gestor de clientes/gerente da empresa/caixa.

Necesito hablar con un tomador de decisiones de la empresa. = Preciso falar com a liderança da empresa.

Trato hecho./Acuerdo hecho./Contrato sellado./Contrato firmado./Negocio cerrado – Negócio fechado.


Está em busca de um curso de espanhol que te ajude a fazer um bom networking possibilitando a fluência no idioma, a imersão na cultura do país e um ensino voltado para o ambiente profissional? Vem para a Espanhol Fluente! Em seis meses, você já terá desenvolvido habilidades tanto em fala como em audição, leitura e escrita; e terá a fluência necessária para liderar reuniões e fazer apresentações. Em 12 meses, estará falando e escrevendo como um nativo! 

 

Deixe um comentário